Tenho uma relação estranha com o analógico na fotografia. Comecei a fotografar com filme depois do digital e inicialmente pensei que ia ser algo passageiro. Mas foi ganhando o seu espaço. O lado prático de poupar o sensor da digital, aliado à terapia visual de me “obrigar” a fotografar com mais calma, ter mais atenção ao detalhe… porque cada disparo sai literalmente do bolso… 🙂

Depois há outro fenómeno interessante… que ter 2 máquinas distintas uma de focagem manual e outro com focagem automática (Nikon FE2 e Nikon F4), que obriga a exercícios diferentes. É como ter dois carros vintage, cada um com a sua alma. Eis os resultados da roadtrips 🙂

Deixar uma resposta

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d bloggers like this: